link para o menu
prateleira
Natureza Morta Pedro Alexndrino
texto Almeida Junior
maquete Almeida Junior
relevo Almeida Junior
livro de poemas
contraste Almeida Junior
Pintura de referência
movel
pixel
pixel
pixel
pixel
pixel
ALMEIDA JÚNIOR (Itu/ SP, 1850 – Piracicaba/SP, 1899)
Marinha, Guarujá, 1895
Óleo sobre tela
Doação Família Azevedo Marques, 1949
A obra em seu contexto.
ampliar imagem
retorna ao menu
Nessa imagem os elementos da natureza são representados por muitos planos. Um canal que conduz água do continente ao mar surge no canto inferior esquerdo de quem observa a tela e percorre a areia de forma sinuosa, contornando uma formação rochosa até desaparecer, mais ao fundo, em direção ao mar. A areia da praia é contornada pelas plantas rasteiras da costa e as montanhas ocupam os planos mais distantes da tela, estando encimadas por um vasto céu azul de poucas nuvens.Tente perceber os vários planos dessa paisagem explorando a maquete e o relevo que se encontram na base deste painel.

Repare bem na marinha aqui exposta e perceba de qual ponto de vista observamos a paisagem...

O ponto de vista escolhido pelo artista é a partir da areia da praia, tendo o mar à sua direita e a costa à sua esquerda.

Essa marinha foi pintada no Guarujá há mais de 100 anos, em 1895, por Almeida Junior, um artista brasileiro nascido na cidade paulistana de Itu. Sua formação em pintura iniciou-se quando tinha apenas dezenove anos, e sua habilidade técnica lhe rendeu muitos prêmios. Repare em alguns detalhes dessa marinha como: a espuma das ondas se desfazendo na areia, as texturas e as formas da natureza... Parece uma fotografia! E, sem traços da presença humana...

Você já esteve em alguma praia como essa? E em uma praia bastante movimentada, você já esteve? Já teve a chance de sentir o odor exalado pela maresia e pela umidade do ar? Pôde ouvir o barulho das ondas? Que outros perfumes e sons encontramos na praia?


O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

fecha imagem
REPRODUÇÃO FOTOGRÁFICA. Nessa imagem os elementos da natureza são representados por muitos planos. Um canal que conduz água do continente ao mar surge no canto inferior esquerdo de quem observa a tela e percorre a areia de forma sinuosa, contornando uma formação rochosa até desaparecer, mais ao fundo, em direção ao mar. A areia da praia é contornada pelas plantas rasteiras da costa e as montanhas ocupam os planos mais distantes da tela, estando encimadas por um vasto céu azul de poucas nuvens.Tente perceber os vários planos dessa paisagem explorando a maquete e o relevo que se encontram na base deste painel.

Repare bem na marinha aqui exposta e perceba de qual ponto de vista observamos a paisagem...

O ponto de vista escolhido pelo artista é a partir da areia da praia, tendo o mar à sua direita e a costa à sua esquerda.

Essa marinha foi pintada no Guarujá há mais de 100 anos, em 1895, por Almeida Junior, um artista brasileiro nascido na cidade paulistana de Itu. Sua formação em pintura iniciou-se quando tinha apenas dezenove anos, e sua habilidade técnica lhe rendeu muitos prêmios. Repare em alguns detalhes dessa marinha como: a espuma das ondas se desfazendo na areia, as texturas e as formas da natureza... Parece uma fotografia! E, sem traços da presença humana...

Você já esteve em alguma praia como essa? E em uma praia bastante movimentada, você já esteve? Já teve a chance de sentir o odor exalado pela maresia e pela umidade do ar? Pôde ouvir o barulho das ondas? Que outros perfumes e sons encontramos na praia?


ALMEIDA JÚNIOR (Itu/ SP, 1850 – Piracicaba/SP, 1899)
Marinha, Guarujá, 1895
Óleo sobre tela
Doação Família Azevedo Marques, 1949
Natureza Morta Almeida Junior